Ignez Ferraz, arquitetura & design  
Loading
     
PERFIL
CONTATO
NA MÍDIA
ARTIGOS
DICAS
 
Portfólio
DESIGN - MÓVEIS
ARQUITETURA
INTERIORES
MOSTRAS
MÓVEIS
Apoio
arquitetura & construção
design & internet
 
 home » dicas » tecidos e tons inspirados na natureza
Tecidos e tons inspirados na natureza
por Beatriz Novaes (texto) & Ignez Ferraz (imagens)
O Homem anda cada vez mais preocupado com o meio ambiente e consciente de que se não fizermos a nossa parte em matéria de uso dos recursos naturais, tudo vai mudar muito rápido.
Utilizar estes recursos de forma adequada, sem agredir a natureza é prioridade, pois é nela que o Homem busca e encontra saúde e equilíbrio interior.





A Moda também reflete estas preocupações ecológicas:


TECIDOS
Todas as fibras naturais, sendo o algodão e o linho as prioritárias. Outras também obtidas de recursos naturais como o tencel, os tecidos e malhas feitos de fibras de bambu e a viscose - que ajuda a dar um caimento fluido - são adequados para o verão.



ELA e ELE chegam com modelos onde até o boné e a sacolona são de puro algodão branco (tudo “combinandinho”).
No pátio frontal da Casa em Itaipava, piso elaborado com tijolos e pedras de rio de vários tamanhos (sobra de material). Desenhos em caracol acompanham a declividade do terreno.



Tecidos leves como o voile e cambraias.
Malhas com texturas diferenciadas.
Os rústicos e mesclados também são valorizados, assim como os tecidos maquinetados e de aspecto amassados.



ELA veste voile amassado gelo-azulado, com corte A , na hora de saborear apenas umas frutas cítricas. Como a idéia da reforma era “mais por menos”, conservou-se o piso em tábuas de jatobá e as paredes foram apenas descascadas e caiadas com uma “aguada” amarelo canário, que amplia a luminosidade. As portas são de demolição, lixadas para voltar à madeira natural. Por serem estreitas, foram complementadas com rasgos de vidro incolor.


MODELAGEM
Novas formas fluidas e sensuais.
Cortes e proporções dando ênfase ao conforto.



Confortável mas chique para o almoço no jardim posterior coberto por pérgula, ELA usa vestido “solto” com estampa tie-dye em diferentes tonalidades cobaltos e grafites enevoados.
Tijolos descascados e mantidos aparentes apenas com silicone. Móveis em junco.
(Outro ângulo deste ambiente vocês podem encontrar no texto Em busca da luz.)


CORES PREDOMINANTES
Cartela pastel
de verdes e azuis e os tons de cinza do inverno , porém bem mais claros - do gelo ao branco.



Para o café orgânico no final da tarde, ELA veste tubo gelo de alças largas brancas e pulseira grossa de resina.
Sofá TOK STOK reestampado em lonita listrada cinza e branca, com almofadas pinceladas à mão. Também pintadas à mão, as velhas banquetas do bar-cozinha americana, que pode ser isolado por micro persianas lilás. Arandelas artesanais em pedra-sabão destacam as gravuras florais de Margareth Mee.



Cáquis mais pálidos e beges típicos das fibras naturais.



Na caminhada, ELE usou conjunto de estampas tropicais positivo-negativo cáqui e branco. O quarto oferece um ambiente calmo, onde as paredes verdes emolduram as paisagens descortinadas pelas esquadrias de demolição. Como o pé-direito não é alto como nos antigos casarões coloniais, a janela foi posicionada de cabeça para baixo, com a bandeira de vidros coloridos sob o parapeito.



A bandeira da porta do quarto foi realocada como basculante para o banheiro. Pintura sobre os azulejos ainda existentes e lambris de pinho (oriundos de caixotes de importação de vidros) recobrindo as paredes vazias, aqueceram o pequeno ambiente. Foram criadas “pernas” em tauari para assegurar a firmeza da bancada original de mármore, com um rasgo concebido para a toalha de mão. O design do espelho acompanha as linhas curvas.


ACABAMENTOS
Manuais, drapeados e transparências.



Na hora do jantar, a transparência reaparece no detalhe do ombro e babado na barra (além de debruns finos e largos grafites)num vestidinho mais elegante. É bom parceiro para o armário barroco de jacarandá da Bahia modernizado com satinê, emoldurado pelos rasgos que interligam visualmente o family room ao living.Pequena poltrona retrô TOK STOK e luminária de pé com cúpula em pedra sabão.



SILKS
Folhagens e florais
, miúdos e geométricos que lembram formas da natureza.



No dia seguinte um passeio matinal para conhecer as redondezas serranas – Araras, Vale das Videiras, Vale florido...
ELA sai com vestido alto puxado pelas alças em V. As discretas paisagens sobre fundo verde-natureza contrastam com as folhagens exuberantes da camisa DELE, sob conjunto paletó/bermuda cinza. O toque ousado-sofisticado ficou por conta do chapéu de madras nos tons bege.




BORDADOS e AVIAMENTOS
Linhas artesanais
- estilo feito à mão.
Motivos ecológicos.
Botões de osso, madeira e madrepérola.
Cadarços e cordões de algodões naturais e rústicos.


 
Leia Também
 
 
Ignez Ferraz Perfil | Contato | Na mídia | Artigos | Dicas | Arquitetura | Interiores | Design-Móveis | Mostras.
  © 2003 Ignez Ferraz. Direitos reservados. Website by Felipe Memória